FIBROSE! O QUE É?! O QUE PRECISO SABER?!

Certamente você ou alguma amiga devem ter ouvido falar sobre FIBROSE, ou até mesmo conhecem alguém que ficou com essa sequela após uma cirurgia. Então vamos entender o que é uma fibrose, porquê ela se forma e quais tratamentos podemos utilizar para desfazer.

Bom! Primeiramente uma fibrose nada mais é do que uma “cicatriz interna, abaixo da pele”. Toda fibrose é o resultado de um processo de cicatrização, seja na pele, seja na camada de gordura, ou em qualquer outro tecido do nosso corpo. Portanto, sempre que houver um corte, uma lipoaspiração, ou até mesmo um acidente com corte, haverá uma cicatrização e com certeza a formação de uma fibrose. A diferença é que, essa fibrose pode ou não, ficar imperceptível. Ou seja, o que realmente desejamos é que a fibrose que irá se formar seja imperceptível ao toque e visualmente. Isso porque a fibrose pode ser tão intensa que repuxa e deixa com aparência inestética os tecidos adjacentes e a própria pele.

No caso das lipoaspirações a fibrose irá se formar também! Invariavelmente! Afinal de contas, o trajeto por onde a cânula de lipoaspiração passa para retirar a gordura, nada mais é do que uma agressão (controlada) ao tecido gorduroso. Os trajetos por onde as cânulas passaram retirando toda a gordura irão cicatrizar. E esse processo de cicatrização é quem irá gerar a fibrose. Porém, essa fibrose pode ser minimizada e controlada para que não fique aparente e nem retraia a pele sobrejacente.

Então como evitar que a fibrose evolua de maneira não satisfatória?!

Antes de responder a essa questão, um outro conceito é muito importante: cada indivíduo cicatriza de uma maneira diferente.

Além disso as diversas áreas do nosso corpo também cicatrizam em momentos e de maneira diferentes. Ou seja, cada organismo é único!

Então voltando à nossa pergunta, podemos tentar evitar e minimizar os efeitos da fibrose através de alguns cuidados.

  • Escolher um cirurgião que tenha uma técnica cirúrgica precisa e seja capacitado para executar o tipo de cirurgia que você procura.
  • Iniciar drenagens e massagens nas áreas operadas e nas áreas adjacentes, o quanto antes seu cirurgião autorizar! Quanto mais cedo iniciadas as drenagens, menores serão os efeitos da fibrose.
  • Use cintas e modeladores conforme a orientação do seu cirurgião. As cintas modeladoras e as espumas utilizadas ajudam na compressão do tecido e evitam que o edema (inchaço) progrida.
  • Beba muita água! Parece paradoxal, mas a ingestão correta de líquidos no período pós cirúrgico ajuda a desinchar e também, ajuda na cicatrização. Mantenha-se bem hidratada!

Se no seu caso a fibrose se formou, mesmo tomando todas estas precauções, ou mesmo se, no seu caso a fibrose se formou porque você não tomou essas medidas listadas acima; ainda existe tratamentos capazes de ajudar no seu caso.

Para as pacientes que desenvolveram fibrose podemos utilizar as massagens modeladoras, podemos utilizar sessões de Laser FOTONA®, podemos utilizar enxerto de gordura nas áreas de fibrose, além de outras técnicas. Porém tudo isso terá papel limitado, pois tudo dependerá do tempo em que a fibrose existe (se é recente ou antiga), dependerá da localização da fibrose (abdome, braço, coxa, culote, etc.)

Se você tem dúvidas adicionais entre em contato conosco pelo whatsapp: 011 – 98989-1032.

Texto escrito pelo Dr. Carlos Jose Gaspar Jr. Cirurgião Plástico. Membro especialista da SBCP. CRM-SP 140.676.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CLÍNICA UNYCA ESTÉTICA

Com o propósito de proporcionar a melhor experiência possível em cada momento de um procedimento estético – a clínica Unyca oferece uma estrutura ímpar para os nossos pacientes. Cada detalhe é pensado para que seu procedimento ou sua cirurgia plástica seja realizada da maneira como você sempre sonhou!

CONTATO

Telefone: (11) 98989-1032
E-mail: adm.unycaestetica@gmail.com
Endereço: Rua Ana Pereira Melo, 253, cjt 1010 – Osasco 
CEP: 06023-080

Rolar para cima